segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Quando olho pra você...


Não vou acreditar que tanto amor pode desfazer-se assim.
Tudo foi falado na ausência do olhar.
Sei que dei razão, vou admitir, mas não vejo acabar...
Quando um não quer não tem briga sem um fim.

Se desencontrar é assim, sempre vai trazer o sofrer
E pra isso passar, alguém tem que te ouvir.
Não há outra questão! Paciência pode a paz transmitir.
A doce lição que faz de tudo resolver.

Quando eu olho pra você
Sei que posso me adequar.
E que quando anoitecer
Juntos nós vamos estar.
Pra alegria amanhecer
E a gente olhar e acreditar
No que esse amor pode fazer.

Que essa lição venha a plantar
Confiança no porvir
E se a gente parar a calma pode nos unir.
Que cada discussão, feita no olhar
Encontre um jeito pra ouvir
E traga a solução para tudo continuar.




2 comentários: